professor espiritual. monge zen budista

Dia após dia, instante após instante, você pode deixar a sua atenção ir-se mudando para o coração. O coração tem olhos que não discriminam, olhos que não veem pela diferença, mas pelo vazio (sunyata) da compaixão.

Primeiro você percebe os limites do corpo, depois, os limites da mente e, finalmente, a falta de limites da consciência.

Devido à pandemia do Covid-19 nossas práticas passaram para a Internet. Estamos fazendo encontros interativos através do aplicativo Jitsi. 

Clique aqui para se inscrever e participar.

 

  • Terças-feiras: 18h - zazen;

  • Quintas-feiras: 6h20 (manhã) zazen, cerimônia matinal com recitação do Sutra do Coração e espaço para perguntas e respotas;

  • Sábados: 18h - zazen, leitura de uma poesia da séria "A Canção do Satori" de Yoka Daishi com comentários originais e espaço para perguntas e respostas.


Baixe o aplicativo https://jitsi.org/

O Canto da Liberdade
 

Participe do nosso encontro de meditação zen com a leitura dos 56 poemas do “Canto do Satori” do mestre chinês do séc. VI Yoka Daishi (Yongjia Xuanjue) com comentários originais.

 

Todos os sábados às 18h.
 

Para paraticipar faça a sua inscrição nas sessões de meditação na coluna à esquerda (anterior).

A verdade dispensa a sua crença. Desfaça-se da segunda.